Arcoiris TV

Chi è Online

338 visite
Libri.itMENU DESIGN IN AMERICACONTEMPORARY CONCRETE BUILDINGS (IEP)SFILATA DI NATALE. UN CALENDARIO DELLLA MALEDIZIONE DELLCABOTO

Fai un link ad Arcoiris Tv

Utilizza uno dei nostri banner!


Rivista ILLUSTRATI

Sfoglia riviste di Illustrati

Sottotitolo: PORTOGHESE

Totale: 4

A Idade do Ouro (1930) Luis Buñuel

O filme mostra um casal que tenta concretizar seu amor ao longo da história, mas é sempre interrompido por situações que simbolizam questões da sociedade ocidental. Primeiro longametragem do diretor Luis Buñuel, essa obra surrealista tenta passar o desconforto e o espanto com imagens cruas de morte, espancamento, fetichismo e, no final, um epílogo com um conto do Marquês de Sade
  • Lingua: FRANCESE | Sottotitoli: PORTOGHESE | Licenza: Non commerciale - Non opere derivate - Licenza 3.0 | Condividi
  • Visualizzazioni: 53
  • Fonte: Found on Web | Durata: 62.35 min | Pubblicato il: 2019-01-15
  • Categoria: LUNGOMETRAGGI
  • Tag: null
  • Scarica: MP3 | MP4 |

Herbert Pagani - Defesa pela minha terra

Leitura do texto "Em defesa da minha terra Israel", de Herbert Pagani (1976)

Jango - como, quando e por que se derruba um presidente

O filme refaz a trajetória política de João Goulart, o 24° presidente brasileiro, que foi deposto por um golpe militar nas primeiras horas de 1º de abril de 1964. Goulart era popularmente chamado de "Jango", daí o título do filme, lançado exatos vinte anos após o golpe. A reconstituição da trajetória de Goulart é feita através da utilização de imagens de arquivo e de entrevistas com importantes personalidades políticas como Afonso Arinos, Leonel Brizola, Celso Furtado, Frei Betto e Magalhães Pinto, entre outros. O sugestivo slogan do filme foi "Como, quando e por que se derruba um presidente"2 .

O documentário captura a efervescência da política brasileira durante a década de 1960 sob o contexto histórico da Guerra Fria. Jango narra exaustivamente os detalhes do golpe e se estende até os movimentos de resistências à ditadura, terminando com a morte do presidente no exílio e imagens de seu funeral, cuja divulgação foi censurada pelo regime militar.

Eduardo Galeano - El Derecho al Delirio

El Derecho al Delirio escrito por Eduardo Galeano